Não fui apenas ao cinema

19.7.08

















Semana passada, ganhei um DVD de presente, dado por um amigo que é cinéfilo como eu. Quem me conhece bem, sabe que gosto muito de filmes mudos, principalmente filmes de terror do anos 1920 e 1930. Acho esses filmes um charme.

Pois bem, o presente que ganhei não é necessariamente um filme de terror, mas até que poderia se encaixar como tal, se pegássemos o gênero em lato sensu. Reduzir, no entanto, "Fausto" (do diretor alemão F. W. Murnau) a um mero filme de horror seria obscurecer as qualidades de um filme extraordinário. Filmado em 1926, Fausto é a adaptação cinematográfica da conhecida peça de Goethe, que conta a história do médico que vendeu sua alma ao diabo, em troca da juventude. Tudo parece perfeito para o jovem Fausto, até que ele se apaixona por Gretchen. O filme é visualmente magnífico, traduzido no cuidado no uso das sombras, nos contrastes da iluminação e na distorção dos cenários. Uma pintura!!