Não fui apenas ao cinema

11.7.08

Navegando pela net, deparei-me com este livro (que não li) e fiquei pensando... no caso da ficção, são sempre os personagens maus que nos vêm mais facilmente à memória. Talvez a própria repulsa aos seus caracteres ou talvez algo de nossos instintos mais selvagens que, a bem da boa convivência em sociedade, deixamos escondidos em nossas subjacências. Surpreendi-me com o número de perversas famosas da ficção de que pude me lembrar em um rápido momento de reflexão: Eve Harrington (de 'A Malvada'), Miranda Priestly (de 'O Diabo Veste Prada'), a Rainha da Noite (de 'A Flauta Mágica'), Jane Hudson (de 'O que terá acontecido a Baby Jane?'), Medéia (a maior de todas), a Ama (de 'A Mulher sem Sombra'), além de Odete Roitmann (de 'Vale Tudo') e, para aqueles meus amigos que têm mais de 30, a Cuca (de 'O Sítio do Pica Pau Amarelo'). Vamos combinar que adoramos odiá-las??

4 Comments:

Anonymous Juliene Pedrosa said...

A Cuca era a perversa que volta e meia aparecia em meus sonhos para me atormentar.Era um martirio, mas mesmo assim, acho que estava mais para uma relacao de amor do que outra coisa qualquer. kkkkkkkkk
Beijos!

11/7/08 17:04  
Blogger Rubens said...

Pois é, Juli, saudades da Cuca!! Bjão.

11/7/08 23:46  
Blogger A. said...

Eu morria de medo da Cuca e tinha pesadelos com ela volta e meia. Semana passada eu fui procura-la no youtube e achei. Sabe que me deu a mesma sensacao de medo no momento em que ela apareceu? Achei que eu tinha crescido um pouco ;)

17/7/08 17:10  
Blogger Rubens said...

Dá meda, mas a cuca é fashion!!

17/7/08 17:31  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home